Médica alerta sobre os 12 hábitos que podem causar sérios riscos à saúde íntima das mulheres; descubra quais são esses hábitos

A graduada em doutorado em Ginecologia pela USP, Drª Flávia Fairbanks, foi entrevistada pela equipe de reportagem do portal de notícias da Globo sobre os cuidados considerados triviais para evitar riscos à saúde intima da mulher. Alguns hábitos parecem inofensivos, segundo a médica, mas podem representar um sério risco à saúde da mulher ao fertilizar os fungos e as bactérias. Confira 12 hábitos destacados pela ginecologista Flávia Fairbanks.

1. Comida

Segundo a médica, o consumo excessivo de gorduras, carboidratos e doces pode alterar o pH da vagina, que é um dos principais mecanismos de defesa da região íntima da mulher. Por outro lado, comer carboidratos com moderação ajuda a manter seu pH.

2. Calcinha molhada

Nunca deixe a calcinha secando no chuveiro ou pendurada em outros lugares do banheiro, pois esse hábito pode favorecer a disseminação de bactérias e fungos.